«No regime neoliberal da autoexploração a agressão é dirigida contra si mesmo. Esta autoagressividade não converte o explorado em revolucionário, mas em depressivo.»

(Buyng-Chul Han [Seul, 1959] – filósofo e ensaísta sul-coreano, professor da Universidade das Artes de Berlim, Alemanha)

Quem sou eu

São Paulo, SP, Brazil
Sou presbítero da Igreja Católica Apostólica Romana. Fui ordenado padre no dia 22 de fevereiro de 1986, na Matriz de Fernandópolis, SP. Atuei como presbítero em Jales, paróquia Santo Antönio; em Fernandópolis, paróquia Santa Rita de Cássia; Guarani d`Oeste, paróquia Santo Antônio; Brasitânia, paróquia São Bom Jesus; São José do Rio Preto, paróquia Divino Espírito Santo; Cardoso, paróquia São Sebastião e Estrela d`Oeste, paróquia Nossa Senhora da Penha. Sou bacharel em Filosofia pelo Centro de Estudos da Arq. de Ribeirão Preto (SP); bacharel em Teologia pela Pontifícia Faculdade de Teologia N. S. da Assunção; Mestre em Ciências Bíblicas pelo Pontifício Instituto Bíblico de Roma (Itália); curso de extensão universitária em Educação Popular com Paulo Freire; estou reiniciando o meu Doutorado em Letras Hebraicas pela Universidade de São Paulo (USP). Estudei e sou fluente em língua italiana e francesa, leio com facilidade espanhol e inglês.

domingo, 28 de fevereiro de 2016

Quase metade dos brasileiros não faz nenhum programa cultural, revela pesquisa

Ancelmo Gois

Os sem cultura
ASSISTIR TV É A PRINCIPAL OPÇÃO DE LAZER DO BRASILEIRO ! ! !

Pesquisa da Fecomércio/Ipsos sobre os hábitos culturais do brasileiro mostra que, acredite, 47% dos nossos compatriotas não fazem qualquer tipo de programa cultural durante o ano.

O principal motivo, segundo eles, é a... falta de hábito.

Mas...

Nos últimos oito anos, cresceu em 100% o número de pessoas que disseram ter ido ao cinema (35%) e ao teatro (12%) pelo menos uma vez nos últimos 12 meses. Em 2007, primeiro ano do levantamento, esses programas tinham a adesão de 17% e 6% da população, respectivamente.

Segue...

Entre os brasileiros que não fizeram nenhum programa cultural nos momentos de lazer:
* assistir à TV foi a principal atividade citada (77%).
* Em seguida: frequentar igreja ou algum outro centro religioso (24%),
* almoçar com amigos ou parentes (21%),
* ouvir música (15%) e
* ir a barzinhos (12%).

Fonte: O Globo – 24/02/2016 – 11h00 – Internet: clique aqui.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.