«A corrupção, como um câncer, está corroendo a vida cotidiana dos povos.»

(Papa Francisco – Mensagem enviada aos bispos da América Latina e Caribe em Assembleia de 9 a 12 de maio de 2017)

Quem sou eu

São Paulo, SP, Brazil
Sou presbítero da Igreja Católica Apostólica Romana. Fui ordenado padre no dia 22 de fevereiro de 1986, na Matriz de Fernandópolis, SP. Atuei como presbítero em Jales, paróquia Santo Antönio; em Fernandópolis, paróquia Santa Rita de Cássia; Guarani d`Oeste, paróquia Santo Antônio; Brasitânia, paróquia São Bom Jesus; São José do Rio Preto, paróquia Divino Espírito Santo; Cardoso, paróquia São Sebastião e Estrela d`Oeste, paróquia Nossa Senhora da Penha. Sou bacharel em Filosofia pelo Centro de Estudos da Arq. de Ribeirão Preto (SP); bacharel em Teologia pela Pontifícia Faculdade de Teologia N. S. da Assunção; Mestre em Ciências Bíblicas pelo Pontifício Instituto Bíblico de Roma (Itália); curso de extensão universitária em Educação Popular com Paulo Freire; estou reiniciando o meu Doutorado em Letras Hebraicas pela Universidade de São Paulo (USP). Estudei e sou fluente em língua italiana e francesa, leio com facilidade espanhol e inglês.

quinta-feira, 21 de julho de 2016

Vamos rir um pouco, o mundo não tá fácil!

Bloqueia 2016! Bloqueia o Trump!

José Simão
Republican U.S. presidential candidate Donald Trump delivers a foreign policy speech at the Mayflower Hotel in Washington, United States, April 27, 2016. REUTERS/Jim Bourg ORG XMIT: WAS401
DONALD TRUMP
Candidato a Presidente dos Estados Unidos pelo Partido Republicano

Buemba! Buemba! Macaco Simão Urgente! O esculhambador-geral da República!

Terça-feira trágica: WhatsApp bloqueado e Trump confirmado candidato republicano!

Bloqueia 2016! Bloqueia o Trump!

O mundo está sujeito a trumps e trovoadas! O Forrest Trump é um desastre ambiental, uma catástrofe interplanetária!

Rarará!

Ele se chama Donald e é amarelo. Parece o Pato da Fiesp!

Rarará!

E a Hillary? A Hilária? Ela tem mais terninho que voto!

Rarará!

E a volta do ZAP ZAP! Ressuscitamos! Manda Nudes! Viva o Lewandowski!

Rarará!

Fiquei meia hora sem receber mensagem e achei que tinha morrido! "Gente, será que eu morri?"

Rarará!

Sem WhatsApp não há vida!

E a melhor e a pior coisa de ficar sem WhatsApp: saí na rua, dei boa tarde e TODOS RESPONDERAM! Ai, que saco!

Rarará!

E como disse o entregador da padaria: "WhatsApp é a febre da bexiga!". Sem WhatsApp, não há vida! Sem WhatsApp, eu sou um órfão!

Como dar bom dia sem emoji? Aliás, como eu vou viver sem emoji?

A gente cria apego àquelas carinhas. A minha diarista se comunica comigo por meio de emojis: "Tô atrasada, mas tô indo".

E bota quatro carinhas rindo e três palmas.

Rarará!

A mudança do mundo é irreversível. Por isso que o zap zap não pode virar ioiô: bloqueia, desbloqueia, bloqueia, desbloqueia, bloqueia e desbloqueia!

O zap zap tá parecendo o iôiô da Coca Cola!

Rarará!

É mole? É mole, mas sobe!

O Brasileiro é Cordial!

Olha esta placa na calçada do metrô do Catete, Rio:

"Solicito à senhora fumante de batom roxo perceber que este local não é uma lixeira. Ser pobre não significa ser porca. Portanto peço que enfie seu cigarro... NO LIXO!".
JOSÉ SIMÃO

Rarará!

Eu acho que: usar batom roxo é do catete.

Rarará!

Nóis sofre, mas nóis goza!

Hoje só amanhã!

Que eu vou pingar o meu colírio alucinógeno!

Fonte: Folha de S. Paulo – Colunistas – Quinta-feira, 21 de julho de 2016 – 02h05 – Internet: clique aqui.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.